Viver com herpes labial

Depois de ser contraído, o vírus mantém-se latente no seu organismo. Significa isto que não é possível “erradicar” o herpes labial, embora se possa combatê-lo para reduzir o número de vezes que este vírus aparecerá e reduzir o tempo de cada episódio. Seguem-se alguns conselhos para que possa evitar o aparecimento do herpes labial e tratá-lo logo que o vírus reapareça no lábio.

Dicas Herpes Labial

Alimentação saudável Cuide dos lábios Precauções

Alimentação saudável
Desfaça-se da comida "de plástico", coma alimentos saudáveis. Siga uma dieta saudável e equilibrada, rica em frutas e verduras frescas.

Cuidado nas férias!
Aplique creme solar e bálsamo protector dos lábios (para os hidratar e resguardar contra a radiação U.V.) quando for para a praia ou para as pistas de esqui.

Cuidados de higiene
Lave a cara duas vezes por dia com um sabonete suave.  Lave sempre bem as mãos se tocar no herpes labial e sempre depois de o tratar.

Maquilhagem
Quando estiver a colocar maquilhagem, tenha cuidado para não espalhar a infecção dos lábios para os olhos.
E atenção se utilizar lentes de contacto. Nunca use a saliva para humedecer as suas lentes!

Toca a dormir!
Ponha o sono em dia sempre que possível. Revigore o sistema imunitário.

Não deixe de fazer a sua vida
Embora o herpes labial possa ser doloroso não dura para sempre e, à partida, não é algo de muito grave. Comece logo o tratamento e siga em frente.

Disfarçar com cremes
Os sticks ou cremes para dissimulação de imperfeições (de preferência com protecção solar) são muito eficazes. Mas lembre-se que, se utilizar algum, não o deve partilhar nem voltar a usar depois do herpes labial ter desaparecido, pois pode ter ficado infectado pelo vírus.

Zovirax, sempre à mão
Zovirax não só ajuda a manter os lábios hidratados como, também, devido ao seu agente antiviral, impede o vírus de se replicar e ajuda a que o tratamento seja mais rápido.

Peça conselho
É sempre bom pedir conselho ao seu farmacêutico antes de aplicar qualquer produto no herpes labial, dado que por vezes isso só poderá piorar as coisas.

Cuide dos lábios
Qualquer tipo de dano que os lábios possam sofrer torna-os mais vulneráveis ao herpes labial.

Evite o ar frio
Proteja bem os lábios. O vento e o frio podem causar danos nos lábios, o que facilita o aparecimento do herpes labial.

Partilhar
Não deve partilhar artigos tais como toalhas, copos ou talheres. Todos eles podem disseminar o vírus pelo contacto com a saliva.

Beijar
Beijar outras pessoas está fora de questão, devido à alta probabilidade de se transmitir o vírus. Tenha especial cuidado com as pessoas doentes, grávidas ou que sofram de eczema.

Assumir riscos desnecessários
Tenha cuidado quando fizer sexo; se beijar o seu parceiro, poderá passar-lhe o herpes labial. Quanto ao sexo oral, não o pratique. Se o herpes labial não estiver completamente curado, poderá passar ao seu parceiro um herpes genital.

Em ocasiões especiais

em momentos de estresse quando você tem defesas baixas herpes bucal em bebês

O grande dia...

É o começo de uma nova etapa. Um momento único e inesquecível. Quer seja o dia do seu casamento ou o da sua melhor amiga vai querer estar no seu melhor. Contudo as suas próprias emoções poderão pregar-lhe uma partida. Se tiver tendência a ter herpes labial, prepare-se. Descubra como impedir que o herpes labial lhe arruíne esse grande dia.

Entrevista

Conseguiu a entrevista dos seus sonhos! Não há nada como a primeira impressão. Neste dia tem que estar melhor que nunca mas já sabe que é nestas alturas de stress que aparece o herpes labial. Descubra como impedir que o herpes labial lhe arruíne esse grande dia.

Parabéns!

Hoje é o seu dia. Mais um ano. Chegou o momento de celebrar com os seus amigos e família. Mas se tem tendência a ter herpes labial, saberá que este adora estragar-lhe estes momentos. Descubra como impedir que o herpes labial lhe arruíne esse grande dia.

Em exames.

Quando está em exames, a última coisa com que se deve preocupar é com o herpes labial, contudo, é nesta altura que os seus lábios têm maior propensão a desenvolver o vírus. Descubra como tratar o herpes labial em alturas de stress.

A grande apresentação

Há semanas que está a trabalhar na apresentação que o seu chefe lhe pediu. Não tem dormido nem comido bem nos últimos dias e saiu muito tarde do escritório. Valeu a pena o esforço e terminou a apresentação, está na hora de mostrar o que vale! A última coisa que precisa é que lhe apareça um herpes. Descubra como tratar o herpes labial em alturas de stress.

O clima!

Chegou o inverno. Chegou a hora de tirar os casacos de inverno e os cachecóis do seu armário. Deve proteger-se do frio e não descurar os seus lábios. O frio pode torná-lo vulnerável ao aparecimento do herpes labial. Descobre como aliviar os sintomas do herpes labial.

De volta à realidade

Chegou agora das suas férias no estrangeiro. É a sua oportunidade para voltar à rotina com uma nova atitude. Factores como o jetlag ou mudanças bruscas de temperatura podem desencadear o herpes labial. Descubra como aliviar os sintomas do herpes labial.

O primeiro encontro

Finalmente conseguiu que aquela pessoa tão especial o convidasse para um encontro. É normal que esteja super nervoso. Afinal de contas é um momento emocionante mas também muito stressante. O que é que vou vestir? O que é que vou dizer? Primeiro beijo? Descubra como impedir que o herpes labial lhe arruine o seu primeiro encontro.

Mãe só há uma.

Ao ser mãe as suas prioridades mudam. Se tiver herpes labial existe probabilidade de contágio aos seus filhos. Descubra como prevenir o contágio do herpes labial aos seus filhos.




©2011 GlaxoSmithKline. Todos os direitos reservados.
Zovirax é uma marca comercial do grupo de empresas da GlaxoSmithKline.

Zovirax Creme 50mg/g é um medicamento não sujeito a receita médica e está indicado no tratamento de infecções de vírus herpes simplex nos lábios e na face (herpes labial recorrente).Contém: álcool cetoestearílico (pode causar reacções cutâneas locais, ex: dermatite de contacto) e propilenoglicol (pode causar irritação cutânea).Só deverá ser utilizado em infecções por herpes simplex na face e nos lábios (herpes labial). Não é recomendado para aplicação em mucosas, tais como cavidade oral, olhos e não deverá ser usado para tratar herpes genital. Deve tomar-se particular precaução em evitar a introdução acidental nos olhos. Doentes com herpes labial recorrente muito grave deverão ser aconselhados a consultar o médico. Todos os doentes devem tomar precauções, de modo a evitarem a transmissão potencial do vírus, especialmente na presença de lesões activas.Não é recomendado para doentes gravemente imunocomprometidos (p.ex.: doentes com SIDA ou sujeitos a transplante de medula óssea). Estes doentes devem ser advertidos a consultar o médico para tratamento de qualquer infecção.Leia cuidadosamente as informações incluídas no folheto informativo e em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.O vírus do herpes labial não tem cura e é contagioso.

AVISO DE FARMACOVIGILÂNCIA Este site não foi desenhado para recolher informação de acontecimentos adversos de produto. Caso queira comunicar algum acontecimento adverso, reacção adversa ou alguma questão de segurança que pensa poder estar relacionada com um produto da GSK, por favor dirija-se aos contactos de Farmacovigilância que encontrará em www.gsk.pt.